A cinta pós-parto: grande aliada na "volta" da barriga - Sonhada Maternidade

A cinta pós-parto: grande aliada na "volta" da barriga

Olá!

Tem experiências e histórias que ficam em nossa mente e nós nunca esquecemos.  Uma que conheço é sobre a cinta pós-parto.

Há 15 anos atrás, em meu primeiro emprego, conheci uma mulher com o corpo impecável. Não por causa de malhação, mas sim pelo fato de estar com tudo no lugar, sem nenhuma barriguinha sobrando. Ela tinha 33 anos na época e aparentava estar na casa dos 25, ou menos. Eu com 19 anos, fiquei impressionada com ela. Em conversas, ela me disse que tinha dois filhos, o que me espantou mais ainda: como uma mulher com dois filhos não tinha vestígio de barriga que indicasse gestação? Foi aí que ela me disse: uso de cinta pós-parto logo no dia seguinte ao parto, no caso dela, normal. Fiquei com isso na cabeça.

Quando fiquei grávida pela primeira vez, já no final da gestação, comecei a escolher a cinta. De cara fui em uma do meu tamanho, como sou pequena, PP. Além disso, comprei um daqueles shorts modeladores que comprimem o abdômen.

cinta pós-parto
Fonte imagem: http://villamariamodas.com.br/wp3/?product=trifil-impuls-bermuda-alta-redutora


Quando meu primeiro filho nasceu, de cesariana, o médico já indicou a cinta para o dia seguinte ao parto. Não consegui colocar a cinta. Lógico por que ela era do meu tamanho e eu tinha que ter comprado um tamanho acima. Então passei a usar o short, o que não adiantou muito em relação à sustentação necessária ao pós-parto cesárea. Minha mãe sugeriu que eu usasse uma faixa bem apertada e usasse o short por cima para que eu tivesse a sustentação necessária. Somente duas semanas depois consegui colocar a cinta. Com a amamentação, minha barriga voltou ao lugar com 2 meses e meio.

Já na segunda gestação, disse a mim mesma que não cometeria o mesmo erro. Afinal, a cinta não beneficia apenas a volta dos órgãos internos ao lugar, mas também auxilia a mãe em seu dia-a-dia após o parto, lhe proporcionando postura e conforto. Comprei uma cinta P e o short cinta. No dia seguinte ao parto (cesárea novamente), já confirmei com a enfermeira se podia colocar a cinta e ela disse que estava liberado. Tomei um banho, vesti o short modelador, me deitei na cama (importante) e coloquei a cinta. Eu andava pelo quarto do hospital parecendo que tinha tido parto normal. Com muita amamentação e usando a cinta diariamente, minha barriga voltou ao normal antes de um mês e meio após o parto.

cinta
Fonte imagem> https://www.casasofia.com.br/cinta-modeladora-body-shaper-cotton-esbelt


É claro que estou tratando aqui da barriga voltar ao que era antes do parto, considerando também que a gestante não ganhou peso em exagero. 

Além disso, há médicos que não aconselham o uso da cinta antes de 2 semanas após o parto. Consulte-o e converse com ele para saber o que é melhor no seu caso.

Veja também 6 coisas que você deve saber sobre as cesáreas e o uso das cintas.

Volto para contar mais experiências.

Abraços.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo