Síndrome dos ovários policísticos - Sonhada Maternidade

Síndrome dos ovários policísticos

A síndrome dos ovários policísticos (SOP) é um distúrbio hormonal comum nas mulheres em idade reprodutiva. Também conhecida como síndrome de Stein-Leventhal, a doença é definida por um aumento de tamanho dos ovários, que criam várias bolsas cheias de líquido (cistos).

O que ocorre é que vários corpos lúteos, na época da ovulação, se preparam para serem liberados, mas por causa desse distúrbio hormonal, nenhum óvulo é liberado e essas bolsas de líquido se acumulam nos ovários. Sem ovulação as possibilidades de gravidez são nulas.

É comum a mulher apresentar elevados níveis de hormônios masculinos, ao ponto de, em certos casos, apresentar características masculinas, como excesso de pelos. Em adolescentes, a menstruação pouco frequente ou ausente pode ser sinal da doença.

A SOP é identificada, inicialmente, por meio de uma ultrassonografia endovaginal, podendo também ser realizada em série (três seções antes da ovulação) para se ter certeza de que a ovulação não ocorreu ou se não houve evolução do corpo lúteo.

Como os ciclo ficam irregulares com a SOP, essa síndrome pode dificultar a gravidez.

 

Tratamento de Síndrome do ovário policístico

O tratamento para síndrome dos ovários policísticos geralmente se concentra na gestão dos sintomas e complicações, tais como infertilidade, acne ou obesidade.
O seu médico pode prescrever medicamentos para:

  • Regular seu ciclo menstrual, como pílulas anticoncepcionais
  • Reduzir os níveis de insulina e prevenir diabetes tipo 2, como a metformina
  • Ajudar na ovulação, como os indutores de ovulação (citrato de clomifeno, por exemplo)
  • Reduzir o crescimento excessivo de pelos, como inibidores de hormônios andrógenos.
Se os medicamentos não ajudá-la a ficar grávida, uma cirurgia ambulatorial chamado perfuração ovariana laparoscópica é uma opção para algumas mulheres com SOP. Seu médico pode ajudá-lo a determinar se você é uma candidata para este tipo de cirurgia.

Neste procedimento, um cirurgião faz uma pequena incisão no abdômen e insere um tubo ligado a uma pequena câmara (laparoscópio). A câmera fornece ao cirurgião imagens detalhadas de seus ovários e órgãos pélvicos vizinhos. Em seguida o cirurgião insere instrumentos cirúrgicos através de incisões pequenas e utiliza energia elétrica ou a laser para queimar buracos em folículos sobre a superfície dos ovários. O objetivo é o de induzir a ovulação.

Alternativa natural de tratamento
Aqui no blog já falei de duas ervas interessante no tratamento da SOP. Trata-se do uxi amarelo e da unha de gato. Dê uma olhada pois é muito interessante.

Veja no post Uxi amarelo e Unha-de-gato como se utiliza essas ervas.

imagem uxi amarelo e unha de gato.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo